Assembleia Geral dos Estudantes do Curso de Filosofia da Universidade Federal do Tocantins e eleições para o CAFIL.

“Quem não se movimenta não sente as correntes que o prendem”.
Rosa Luxemburgo

Devido aos questionamentos dos estudantes de filosofia quanto à organização, a falta de esclarecimentos e um processo eleitoral relâmpago – as eleições da nova coordenação do Centro Acadêmico de Filosofia, que deveria ter ocorrido em novembro de 2015, foram canceladas pela então comissão eleitoral. E desde então a coordenação do CAFIL encontra-se em vacância. Prejudicando assim, os estudantes do curso que estão sem representatividade nos fóruns deliberativos da comunidade acadêmica.

Diante deste fato foi convocada uma assembleia geral dos estudantes de filosofia para discussão e encaminhamentos a cerca de alterações no Estatuto do CAFIL bem como para eleição da comissão eleitoral para organização e convocação da eleição para nova coordenação do centro acadêmico.

A assembleia geral aconteceu na ultima segunda-feira (11/04) na sala 202, bloco J, no campus da UFT de Palmas. E contou com a participação de um pouco mais de 30 estudantes do curso de filosofia. E as principais deliberações da assembleia geral foram a cerca de alterações no estatuto do CAFIL criando novas coordenações e a eleição da comissão eleitoral responsável pela realização das eleições.

Alterações no Estatuto do CAFIL

A gestão anterior do centro acadêmico em uma assembleia geral havia criado duas novas coordenações relativas à questão de gênero, sexíssimo e racial. No entanto a ata e a lista de presença de tal assembleia não foram apresentadas, com isso tal alteração tornava-se nula. Diante disso a proposta de criação das duas novas coordenações foi novamente colocada em votação – sendo que 5 estudantes votaram favoravelmente pela criação das novas coordenações e 28 contrários. Por tanto, por ampla maioria os estudantes de filosofia decidiram não fazer nenhuma modificação no Estatuto.

Pelo menos não por enquanto, já que quase por unanimidade foi feito uma avaliação de que o Estatuto do CAFIL precisa de alterações, pois o mesmo é uma copia bastante ruim de outros estatutos. No entanto tais alterações precisam de estudo e de um debate mais aprofundado.

Comissão eleitoral e conselho fiscal

Para comissão eleitoral que ficará responsável por organizar, coordenar e realizar as eleições para o CAFIL foram eleitos por unanimidade os estudantes Caterine Melo, Jânio Sousa e Pedro Ferreira. Sendo que Caterine Melo será a presidente da comissão eleitoral. Além da comissão eleitoral também foi realizada a eleição para o conselho fiscal, composto por seis membros também eleitos por unanimidade.

Eleições para o CAFIL

É de fundamental importância a participação de todos os estudantes do curso de filosofia da Universidade Federal do Tocantins nesse processo eleitoral. Seja diretamente compondo uma chapa para disputar a direção do CAFIL ou através do seu voto escolhendo aqueles que de fato tem maior capacidade de representar todos os estudantes e não apenas seus interesses pessoais.

Nesse sentido aqueles que têm interesse em disputar a direção do centro acadêmico é importante se articular o quanto antes para montar suas chapas. Como também é importante o envolvimento de todos fiscalizando o processo eleitoral e a futura gestão a frente do CAFIL.

Construir um curso de filosofia cada vez mais forte na UFT

Um movimento estudantil forte é fundamental para que consigamos construir um curso de filosofia cada vez mais forte na UFT. Que assuma o papel protagonista e não que fique a reboque de outros cursos. E nesse sentido as eleições para o centro acadêmico se torna importantíssimo. Por tanto é fundamental a participação de todas e todos.

Pedro Ferreira Nunes é estudante de filosofia da Universidade Federal do Tocantins e membro da comissão eleitoral para as eleições do CAFIL. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário