Poesia: Carta para minha mãe no norte

                                            Para Minhas irmãs Vera, Kátia Cleide e Katiane.

Mãezinha querida
quando vier das bandas do norte
não se esqueça de trazer:

Bofe de gado seco
Buchada fresquinha
E óleo de coco babaçu.

Traga também farinha de puba
Feijão trepa pau
E um pouco de andu.

Não se esqueça das macaúbas
Do doce de buriti
E dos cajus.

Queremos cachorra seca
Galinha caipira
E jau.

Traga nos fumo de corda
Da chácara dos nossos avós,
Uma cachacinha com murici
Não tem coisa melhor.

Esperamos-lhe no mês de junho
Para festa do divino.
De Goiânia a trindade vamos caminhar
Para nossas promessas pagar.

Traga nos noticia de vovó
Das nossas tias e de todos por ai.
Estamos todos com muita saudade
Esperamos que faça boa viagem.

Suas netas não vêem a hora
Da senhora chegar.
Faremos uma grande festa
E aquele chambari para almoçar.


Pedro Ferreira Nunes. Casa da Maria Lúcia. Lajeado-TO. Lua Nova. Verão de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário