Poema: Ipês a florescer

Olha querida Sophia

como é lindo de se vê.

Nessa paisagem tão seca

os ipês a florescer.


Ainda é agosto

e essa secura sem fim.

É cinza pra todo lado

e a chuva nada de vim.


Mais eis que aparece

pra colorir o cerrado.

As lindas flores do ipê

brotando por todo lado.


Como é belo de se vê

no nosso querido sertão.

O roxo e amarelo do ipê

colorindo o cerradão.


Olha querida Sophia

como é lindo de se vê.

Nessa secura sem fim

os ipês a florescer.



Pedro Ferreira Nunes

Casa da Maria Lucia. Lajeado-TO. Lua Minguante. Verão de 2017.

4 comentários:

  1. Muito bem meu companheiro, mesmo em terras seca a vida floresce.
    Att.

    Josivaldo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza camarada. Saudades das nossas andanças ai no nordeste goiano.

      Abraços com todo fervor revolucionário, desde as barrancas do rio Tocantins.

      Excluir